15 de ago de 2008

Notícias Latinas - 13/8/2008

O ex-bispo católico Fernando Lugo, 57, assume hoje a presidência do Paraguai. Calejados por duas guerras internacionais e 62 anos de Partido Colorado no poder, os paraguaios aguardam, esperançosos, pela revolução. A conferir.

***

Censo americano revela que, em 2042, negros, latinos, asiáticos e outras minorias vão suplantar a população branca nos Estados Unidos. Em 2050, de acordo com a pesquisa estadunidense, serão 46% brancos não-hispânicos, 30% hispânicos, 13% negros, 8% asiáticos e 5% de outras origens residentes no país.

***

A CNI (Confederação Nacional da Indústria) argumenta que a ampliação da licença-maternidade para seis meses "sacrificará" a competitividade da indústria brasileira. "Não é dureza de coração, mas quatro meses de licença-maternidade estão de bom tamanho", afirmou o presidente do Conselho de Relações do Trabalho da entidade empresarial, Francisco Gadelha.

Um comentário:

Miragaya disse...

O digníssimo ilustríssimo e mais não sei o que íssimo Sr. Framcisco Gadelha é casado? Tem filhos? Caso positivo, então, aconselho que ele empregue a sua digníssima esposa ou suas filhas em uma indústria. E que uma delas engravidem e tenham filhos. Quatro meses depois, elas terão que largar as crianças com babás "coletivas" ou em creches populares (não vale avó nem baby-sitter uniformizada)e voltar à labuta. Mas em um emprego que fique, pelo menos, a duas horas e dois ônibus e mais uma caminhada a pé de sua residência (isso mesmo, não vale ir de carrinho e de motorista). Lá, ela vai cumprir sua jornada de trabalho com uma hora de almoço e levar mais duas horas para voltar para casa e cuidar e brincar do seu bebê.

Depois disso tudo, gostaria de saber se o digníssimo e ilustríssimo Sr. Gadelha continuaria a defender a privação do convívio mãe-filho...