15 de set de 2008

Receita para quatro pães caseiros

Ter na dispensa:

4 saquinhos de fermento biológico em pó seco (40g)
1,5 copo de leite morno
1 colher de sopa de açúcar
150g margarina
sal, um punhadinho
6 ovos batidos
1kg de farinha de trigo dona benta
1 ovo batido para pincelar

Disposição para sovar a massa por pelo menos 20 minutos:

Por a farinha na tijela, colocar o fermento, misturar bem. leite morninho, açucar, sal, margarina, comece a misturar. é beeem nojento, grudento. abre um espação dentro, põe o ovo batido. mistura, mistura. a massa vira um chiclete. mexa com vontade, até o braço cansar! numa superfíce limpa e lisa, espalhe um pouco de farinha, ponha o bolo de massa lá e comece a sovar. precisa entrar ar na massa e ela precisa ficar macia. é mais ou menos como lavadeira batendo a roupa na pedra do tanque.
A massa vai ficar linda. Não sei quanto aos amigos leitores. Mas adoro massas caseiras. Esta tem de estar lisa, uniforme. Parta em quatro partes semi iguais. Em breve você terá quatro pães feitos por você mesmo. Não é bíblico isso!!! depois de tanto apanhar, a massa precisa descansar. vai, misteriosamente, dobrar de tamanho. Ah! tire uma bolinha de massa pequenina de um dos pedaços.
Num copinho dágua, mergulhe a bolinha. Quando ela boiar, o que leva uma meia hora, a massa terá crescido o suficiente. em seguida, acenda o forno pra pré-aquecer.
Eu recheei os pães com mussarela e presunto picadinhos, com orégano. é só abrir a massa com a ajuda de uma faca. ou se abre bem e espalha o recheio para depois emrolar, como um rocambole mais grosseiro, ou abre, recheia e faz como um sanduíche, fechando em cima. pincele com ovo. beeem espanhadinho, pra dourar e ajudar a grudar. o forno já estará quente o suficiente e você poe por os pães para assar. em meia hora está pronto, talvez um pouquinho mais.
o resultado é de dar orgulho.
bem, a receita eu meio que tirei do livro da ofélia, qualquer coisa sobre "cozinha maravilhosa". mas fiz várias adaptações. mania de quem está acostumado às alquimias da cozinha e a aproveitar o que tem na dispensa e na geladeira.
saboreiem. compartilhem.

8 comentários:

A digestora metanóica disse...

Caramba, me bateu até uma paranóia agora. Estou com a sensação de que algum post foi censurado e colocaram uma receita no lugar.

ABAIXO A DITADURA!
EDSON LUÍS VIVE!

Anônimo disse...

eu pensei a mesma coisa. atenção editores! não se dobrem à censura!

Monique Cardoso disse...

Nossa!!! que interpretação maneira!!! Lembrou os velhos tempos do Jornal do Brasil quando as matérias caíam e receitas eram publicadas na primeira página!!!

Mas não é nada disso meu povo!!! é um afago a todos. O pão é o mais fundamental dos alimentos e deve ser compartilhado. Compartilhei virtualmente.

l.c grazinoli disse...

E a Nique nem me deu um pedaço desse bolo ontem.
Humpf.
Mas o bolo de rolo estava ótEmo.

Nao sei se o Edson Luis vive, mas que isso tá escrito no muro lá perto de casa , está.

Deia Vazquez disse...

Esse pessoal especula demais.
Compartilhemos o pao. E o vinho.

Nanda disse...

Poxa, Nique, que rebuliço! Nunca mais uma receita poderá ser publicada sem causar desconfiança... é o trauma que uma ditadura e censura deixam... (ps. O pão com recheio de tomate foi o primeiro a acabar lá no D! nham!)

Olívia Bandeira de Melo disse...

Pensei em duas possibilidades quando li:
1) estamos sendo vítimas de censura e eu não sabia
2) a Nique mandou um recado, do tipo, "tô achando o nosso blog uma merda, escrevam coisas melhores"

Mas é só compartilhar o pão...

Me lembrei de uma receita que aprendi numa viagem a São João del Rei. Está escrita no meu caderninho de viagem.

Dicas pro recheio: colocar, além do presunto e do queijo, cebola e tomate picadinhos. Em cima, jogar umas sementinhas de papoula.
Com recheio de chocolate o pão caseiro também fica uma delícia.

Gardênia Vargas disse...

Ai que fomeeeeeeeeeeee!
VOU FAZER E DEPOIS CONTO o RESULTADO :o)