8 de abr de 2008

Democracia etílica II

Notícias de hoje vindas diretamente do lado de cá do muro duplo indicam que os estadunidenses não vão conseguir embargar a campanha da vodka Absolut, que mostra como seria o território mexicano hoje se os EUA não tivessem invadido a praia dos “cabrones”. E o mérito da proeminente vitória é do povo, que iniciou uma forte campanha de resistência, fixando cartazes nos pontos de ônibus, muros e escritórios. Cá entre nós, nada substitui uma boa tequila, com limão e sal. Mas pelo convite à reflexão (e à contestação), a vodka merece uma dose de confiança.

Veja a campanha no site da Absolut: http://absolut.com/campaigns?chk=-4755890269213270513

2 comentários:

Fernando disse...

O mapa mundi ficaria menos opressor e mais belo desse jeito... Vodkas, Tequilas e Cachaças do mundo! Uni-vos!

Deia Vazquez disse...

Sera que vao fazer esses mapas com outras partes do mundo? A ver...