24 de abr de 2008

Impressões de viagem São João-Bonsucesso

24 de abril

Costumamos nos referir a avenidas e vias expressas como "artérias da cidade" (ou seja, elas transportam o sangue - os carros - do coração da cidade para todas as partes do corpo; acredito que de manhã deveriam ser chamadas de "veias", pois nos levam em direção ao caos urbano, e à noite nos trazem de volta para longe do centro). Uma visão aérea da cidade deve mostrar os pontos em que o sangue da cidade corre mais devagar, como um corpo com artérias entupidas, prestes a romper, onde estamos presos.

2 comentários:

Gugu disse...

É, Lucas, o Rio está cada vez mais hipertenso. O sangue corre devagar e nós, as hemácias, paramos junto. Não tem por onde escapar. A gente tem que ser como os microorganismos, que circulam livremente pelas artérias e veias. Um dia, num futuro não muito distante, o Rio enfarta. E morreremos todos.

Cláudia Lamego disse...

Somos a gordura das artérias? Onde está a colesterol?