17 de abr de 2008

Vitaminas

Chocolate faz bem, chocolate faz mal.
Café faz mal, café faz bem.
Toda a hora os cientistas aparecem com uma contradicao alimentar. A bola da vez sao as vitaminas, aqueles suplementinhos vendidos nas farmacias, supermercados e afins. Pois as tais vitaminas agora nao mais aumentam a expectativa de vida. Ate ai, tudo bem. Mas segundo a tal pesquisa, os suplementos podem ainda encurtar a vida. O que fazer com todos os produtos que lotam as prateleitas glorificando seus antioxidantes?

Conclusao: Coma e viva o que puder.

Mais sobre a tal pesquisa aqui.

13 comentários:

Cláudia Lamego disse...

O jeito é comer antioxidantes naturais, ou seja, os alimentos! Nada melhor do que comer bem, dieta saudável. Os adoçantes também estão na mira dos cientistas. Agora, eles dizem que o produto engorda. Vá saber! Eu já como tudo com açúcar, moderadamente, desde que li uma nutricionista dizendo que o açúcar é "reconhecido" pelo organismo, já o adoçante não é, e que o metabolismo demora a "combatê-lo".

Lucas Bandeira disse...

Tomate - faz bem ou mal? Evita câncer (de próstata) ou os agrotóxicos são cancerígenos?

Manteiga - é melhor ou pior que margarina pra saúde? (O gosto é muito melhor...)

Gema de ovo?

Refrigerante sem calorias engorda? Dizem que sim, pelo mesmo motivo do adoçante, suponho...

In other words: o negócio é comer de tudo um pouco, sem ligar presses cientistas.

Cláudia Lamego disse...

Tomate não sei, como quase todo dia, mas a manteiga é muiiiito (com a ênfase Gardeniana) melhor que margarina, no sabor e para a saúde. Mas não é bom abusar. Em vez da manteiga todo dia, é bom um queijo cottage, uma geléia.

Refrigerante SEMPRE engorda. É industrializado, cheio de gases e aromas artificiais. Evite sempre.

Ovo é bom, de vez em quando e com parcimônia. É proteína, portanto não é bom misturá-lo com carne. O segredo é ter um pouco de cada coisa em cada refeição.

E sempre comer: três tipos de verduras e legumes + três tipo de frutas por DIA! Lembrando sempre de adoçar a vida comendo um chocolatinho e uma gordurinha de vez em quando, que a gente merece ser feliz.

E o bom é malhar, caminhar, nadar, qualquer exercício físico! Aí dá pra comer mais besteiras!! ehehhe

Ai, sou chata com minhas dicas de saúde!! Afe

Lucas Bandeira disse...

Eu sigo quase tudo isso. Mas vc se esqueceu do vinho nosso de cada dia. E as nozes, etc.

Gardênia Vargas disse...

Ai! Preciso anotar isso!
Sou uma troxa mesmo. Não faça exercícios, sou um bicho preguiça. Mas o resultado é a barriguinha nojenta cheia de celulites. Nem vou mais à praia com amigos por causa disso. Vou tentar seguir o que a professora Clau ensinou. anotado!
:o)

A digestora metanóica disse...

Clau, meu amor, ainda bem que você puxou os comentários. a d o r o!!!

Tomate é antioxidante, base da dieta dos povos mediterrâneos, que são os mais longevos do mundo. Como tomate de tudo quanto é jeito.

Seu Artur também sempre dizia que manteiga é muito melhor, que margarina é um veneno que devia ser abolido.

Meus irmãos magricelos viviam implicando comigo, dizendo que eu ia ficar gorda só porque não tinha ossinhos à mostra como eles dois. Com isso, cortando algumas coisas da minha alimentação desde bem nova. Não tomo qualquer tipo de refrigerante desde os 14 anos (e ainda assim tenho meus muitos furinhos enfeitando a bunda).

Odeio adoçante e evito muito açucar branco. Adoço as coisas com mel, açúcar mascavo ou simplesmente não adoço.

Não como mais carne, nem frango, logo posso comer o ovo na boa. Quando como mais de um, tiro a gema dos outros.

Às vezes esqueço de abusar das frutas. Mas os legumes e verdura estão em dia. Meu próximo passo é cortar o arroz branco, pelo menos na minha casa. Resta saber se o arroz integral fica bem com curry.

Como melhor quando como menos na rua, a verdade é essa.

Dei um tempo na yoga e no aikidô. Sei lá o que me deu. Comecei a correr.

Quando estou com vontade de exagerar, tenho feito sem culpa. A vida normalmente regrada tá compensando, eu acho.

Agora, uma coisa penso sempre: eu, que já sou meio adiposinha mesmo comendo direito, imagino como estaria se abusasse!

Genética é uma merda...

Miragaya disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Miragaya disse...

Odeio cientistas que ficam dizendo o que a gende deve ou não comer. Me lembro que quando era adolescente (e era magro, por incrível que pareça) o Fantástico a cada semana trazia uma alimentação correta nova (e invariavelmente uma doença nova). Alguns mitos, obviamente, se criaram. A manteiga faz bem menos mal à saúde que a margarina, porque nosso corpo reconhece a gordura animal da manteiga, a filtra e joga no sangue. Já a gordura fabricada da margarina não é reconhecida e é jogada diretamente no sangue. Café, por sua vez, só faz mal em excesso. É um excelente estimulante natural e bom até para crianças, pois ajudam os pequenos a ter manis energia e rapidez de raciocínio (isso tudo foram médicos que disseram). O problema é o excesso. Se você comer tomate em excesso não vai ter câncer de próstata, mas vai ter uma crise renal. Se tomar leite em excessio todo dia também vai ter um câncer de estômago. E por aí vai.
Bem, agora vocês vão me dar licença porque eu vou comer uma linguiçinha suculenta e aquele cupim saboroso da churrascaria para manter minhas artérias entupidas.

Cláudia Lamego disse...

Gi, você tem razão sobre o mel e o mascavo. Às vezes, adoço com mel também, mas não é tudo que cai bem. Agora, tomo suco sem açúcar e sempre lembro da Lili e seu café puro. Eu sempre pensava: mas como ela consegue? A verdade é que a gente acaba se acostumando a viver sem aquele açúcar e aprende a saborear melhor o sabor dos alimentos. Para o café, uso uma tática: comer um pedaço de mamão antes, que adoça o café que vem depois.

Ah, leite me dá enxaqueca! Embora os médicos digam que é bom para prevenir osteoporose, quase não tomo.

A verdade é essa: a gente tem que descobrir com o que nosso organismo se dá bem.

Mira, viva a manteiga! Meu avô sempre foi magrinho e sempre comeu manteiga e muito torresmo! Todo dia tinha torresmo na casa da minha avó. Uma delícia!!!

Miragaya disse...

E aquele pãozinho quentinho que acaba de sair do forno com manteiga e um café... sem palavras...

A digestora metanóica disse...

Pãozinho com manteiga e café é fórmula fácil para a felicidade de um ser humano. hummmm

Só que o meu café, como o da Clau e o da Lili, é sem açúcar. Amarguinho.... uma delícia!

Gente, já estava pensando em escrever um texto sobre comida, acho que vou providenciar logo.

Beijo

Deia Vazquez disse...

Bem, queridos, a conclusao do debate eh: qualquer coisa em excesso ou escassez faz mal. Por exemplo, eu, se cnsumida em excesso, faco um mal danado. Em ausencia, faco mal tambem (que o diga o depoimento da Gisele Maia). Por isso me faco presente em saudaveis doses homeopaticas. Viram, serve pra tudo, tudo mesmo ;)

Gugu disse...

Eu agora estou fazendo a dieta dos franceses. É a mais equilibrada de que eu já tomei conhecimento.